Alqueva, uma nova
terra de oportunidades

Potencial Produtivo

A região de Alqueva encerra um dos maiores, senão o maior, potencial
agrícola de Portugal.
Partindo de uma posição quase virgem no que à agricultura de regadio
diz respeito, o desenvolvimento gerado por Alqueva proporciona ao Alentejo
um forte incremento que terá reflexos a médio e longo prazo na produção
Nacional, trazendo à região oportunidades únicas nas fileiras agrícola
e agroindustrial ampliadas pela dimensão do Projeto, 120 mil hectares.
O espaço, a qualidade da terra e o clima emprestam um contributo decisivo.
Nesta região do sul de Portugal, caracterizada por um clima mediterrânico,
a temperatura média anual é de 17ºC e regista uma média anual
de 3 000 horas de sol. No que diz respeito à precipitação, a média situa-se
nos 572 mm por ano, tendo uma distribuição irregular ao longo do ano.
A fraca pluviosidade anual e a sua irregularidade são ultrapassadas
pela garantia de água de Alqueva.

Notícias Recentes

Anuário Agrícola de Alqueva 2016 já está diponível

Nas cerca de 170 páginas, está sistematizada a informação das várias culturas, a sua rentabilidade económica, bem como a análise às tendências variáveis de mercados nacionais e internacionais.

Centro de Frutologia Compal Abertas candidaturas da Academia 2017

Em colaboração com a EDIA, o Centro de Frutologia Compal realiza uma sessão de divulgação da Academia 2017, no dia 20 de fevereiro, pelas 15 horas, no auditório da EDIA.

Alqueva presente na Fruit Logistica

Alqueva está presente na Fruit Logística, a maior feira profissional de frutas e legumes frescos a nível mundial, a realizar em Berlim, capital da Alemanha, de 8 a 10 de fevereiro.

Fotovoltaico flutuante no regadio de Alqueva

A EDIA instalou o primeiro conjunto de painéis fotovoltaicos flutuantes num dos seus reservatórios da rede secundária de rega. Trata-se de um sistema off-grid, desligado da rede elétrica, com uma potência instalada de 11 kW.

Alqueva | Um projeto EDIA 2017 | Todos os direitos reservados.