Alqueva, uma nova
terra de oportunidades
27 fevereiro 2017

Anuário Agrícola de Alqueva 2016 já está diponível

O Anuário Agrícola de Alqueva de 2016, publicação que a EDIA edita pelo segundo ano consecutivo, já está disponível.

A publicação deste Anuário tem como principal objetivo permitir o acesso dos agricultores à informação técnico-económica sobre as culturas praticadas na área de influência de Alqueva.

Nas cerca de 170 páginas, está sistematizada a informação das várias culturas, a sua rentabilidade económica, bem como a análise às tendências variáveis de mercados nacionais e internacionais.

A elaboração deste Anuário resulta da recolha de informação sobre culturas junto de especialistas, de produtores da região, informação de documentos, artigos e bibliografia publicada e disponibilizada pelas várias entidades do setor.

Um dos instrumentos utilizados na elaboração do Anuário é o SISAP, Sistema de Apoio à Determinação da Aptidão Cultural dos Solos, uma aplicação desenvolvida pela EDIA e pelo Instituto Superior de Agronomia, a qual permite aferir a viabilidade técnica, económica e ambiental de uma determinada cultura na parcela escolhida pelo agricultor, ou, numa forma mais lata, aplicando essa pesquisa a toda a área servida pelo Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva.

Este trabalho é objeto de atualizações anuais por forma a incorporar as alterações que se vierem a verificar.

Recorde-se que o Projeto de Alqueva completou em 2016 a instalação dos 120 mil hectares de regadios previstos, encontrando-se toda a área disponível para a campanha de rega de 2017.

Simultaneamente a EDIA está a desenvolver os projetos para a instalação de mais 47 mil hectares, correspondentes à ampliação do Projeto nas áreas limítrofes, aguardando-se a decisão de financiamento do Banco Europeu de Investimento ao abrigo do plano Junkers.

Consulte aqui.

Notícias Recentes

Cooperação e Escala na Fruticultura Portuguesa em Beja | 16 de maio

Um dia de formação com um painel de discussão centrado em casos de sucesso de produção frutícola em cooperação e em escala, a ter lugar no dia 16 de maio, em Beja, numa organização do Centro de Frutologia Compal e EDIA.

Preço da água baixa em Alqueva

O novo tarifário em vigor representa uma descida que chega a atingir os 33%, nomeadamente na adução a perímetros de rega confinantes, onde a água de Alqueva é fundamental em anos de seca para garantir as atividades agrícolas.

Anuário Agrícola de Alqueva 2016 já está diponível

Nas cerca de 170 páginas, está sistematizada a informação das várias culturas, a sua rentabilidade económica, bem como a análise às tendências variáveis de mercados nacionais e internacionais.

Centro de Frutologia Compal Abertas candidaturas da Academia 2017

Em colaboração com a EDIA, o Centro de Frutologia Compal realiza uma sessão de divulgação da Academia 2017, no dia 20 de fevereiro, pelas 15 horas, no auditório da EDIA.

Alqueva | Um projeto EDIA 2017 | Todos os direitos reservados.